Ripoli solicita nota de esclarecimento, mas a ignora

Ripoli solicita nota de esclarecimento, mas a ignora Fonte da Foto: arquivo

O radialista Rodivaldo Ripoli que apresenta o Programa Bom dia, Interior, na Radio Mix FM, vem, há vários dias, falando maciçamente da vereadora Marialva Biazon e da Diretora Geral da Câmara Municipal, Ádria de Paula.

E, durante todos esses programas, enquanto tece suas críticas e seus comentários, o radialista diz insistentemente que aguarda uma nota de esclarecimento sobre o fato, em relação a ambas.

A Diretora do Legislativo, protocolizou, então, na última sexta-feira 26 de julho, a nota que tanto solicitava o comunicador. Porém, Ripoli simplesmente não só ignorou a referida nota, como no programa de ontem, segunda-feira, voltou a falar do caso sem sequer mencionar o texto, como se nunca o tivesse recebido.

Ádria de Paula, então, enviou à redação do Jornal do Ogunhê a citada nota na íntegra “para que essa história se esclareça de uma vez por todas”, declarou a servidora que informou ao jornal que aguarda o retorno da gravação solicitada do programa do dia 11 de julho para tomar as medidas judiciais cabíveis em relação aos comentários e afirmações feitas pelo apresentador.

Segue a nota na íntegra.

Em relação ao que vem sendo insistentemente veiculado nesta prezada emissora de rádio a meu respeito, venho a público esclarecer fatos os quais foram colocados de maneira capciosa e pejorativa referindo-se à minha pessoa.

Pois bem, suscita o nobre apresentador do Programa Bom dia, Interior, insinuações acerca da minha vida profissional e pessoal que merecem e carecem, portanto, de esclarecimento para assim elucidar tal assunto.

Respondo sim a uma Ação Civil Pública juntamente com o ex-prefeito Joselyr Benedito Silvestre e a ex-prefeita Lilian Manguli Silvestre pelo fato de ter sido responsável pela Secretaria de Esportes no governo dos dois prefeitos citados.

Porém, tal Ação está em trâmite aguardando análise de tema em Repercussão Geral. Outrossim, a condenação, que entendo será revertida nas instâncias superiores, imputa a prática do Artigo 11, da Lei 8.429/92, situação jurídica que não se amolda à hipótese do Artigo 1º, inciso I, letra "L" da Lei Complementar 64/90, razão pela qual disputei as últimas eleições e posso fazê-lo a qualquer tempo, eis que não me encontro inelegível!

Quanto ao cargo ora ocupado na Câmara Municipal, a norma local que cria impedimentos em razão de questionamentos sobre os direitos políticos, é a Lei nº1.787/2014, onde em seu Artigo 1º, a mesma inibe a nomeação somente daquele que estiver com seus Direitos Políticos Suspensos por sentença transitada em julgado, o que não é o meu caso - mesmo porque a própria Lei de Improbidade Administrativa só permite a suspensão dos direitos políticos após o trânsito em julgado, Inexistindo a figura de execução provisória desse efeito, conforme Erroneamente noticiado neste programa.

Como se não bastasse, a citada Lei Municipal reporta-se à Lei Complementar 64/90, ou seja, Não há  o menor impedimento quanto à minha pessoa para disputar qualquer pleito eleitoral ou ocupar cargo em comissão na órbita municipal.

Esclareço ainda, para bem da verdade e do bom jornalismo que deve ser praticado em prol da população, tornando a liberdade de imprensa o alicerce das instituições e da confiança do cidadão que merece e deve receber a notícia de forma límpida, e principalmente imparcial, isto é, mostrando os dois lados e a veracidade da mesma, lembrando ainda que protocolizei junto à Direção da Rádio Mix e ao apresentador Rodivaldo Ripoli, ofício solicitando a gravação do programa do dia 11/07/2019 do qual aguardo resposta dentro do prazo legal para as medidas judiciais cabíveis.

Por derradeiro, deixo claro a toda a população de que nada tenho a esconder ratificando que não existe qualquer impedimento em relação à minha vida profissional, pessoal e eleitoral, e que aguardo, assim, a leitura da presente nota em seu inteiro teor.

Estância Turística de Avaré, 29 de julho de 2019.

Ádria Luzia Ribeiro de Paula

                  RG Nº 19.932.827

Nota da redação: o texto se refere à rádio, pois foi enviado exclusivamente ao programa e, conforme solicitado, nós estamos reproduzindo integralmente.

 

Veja Também