Se for candidato, Jô é páreo duro, dizem seus escudeiros

Se for candidato, Jô é páreo duro, dizem seus escudeiros Fonte da Foto: internet

Carregado pelo nome de seu pai o ex-prefeito Joselyr Silvestre, que mesmo ainda sujeito às intempéries da Justiça, Jô Silvestre foi lançado a candidato a prefeito e ganhando graças ao nome de seu pai, que por erros políticos marcados pelo coronelismo em Avaré, fez com que Joselyr viesse de Arandu, através do jornal “O Panorama” que o lançou candidato em Avaré vindo a vencer.

Depois de fazer história em Avaré Joselyr Silvestre não teve muita sorte com a Justiça e acabou se envolvendo em inúmeros processos, um deles levando o prefeito a ser preso e depois conseguindo uma prisão domiciliar, fato que levou na época a cidade a ser conhecida praticamente em muitos estados como uma cidade complicada politicamente, aonde um mito vai preso.

Joselyr Silvestre mesmo preso conseguiu fazer com que seu filho o Jô Silvestre viesse a vencer a eleição e o que está sendo observado pela população já é de conhecimento publico, pois a situação atual do prefeito Jô Silvestre, também é cheio de problemas como foi a de seu pai, tanto que ao assumir Jô Silvestre usou a frase “Vou fazer tudo que o meu pai fez”. Desta forma não há necessidade de interpretação, pois está notório por tudo que a população está assistindo.

Por outro lado, não há como deixar de lado a potencialidade política do pai, que em tese está fazendo de tudo para que o filho consiga passar por toda essa turbulência do Tribunal de Contas, para que seja candidato à reeleição, já que Avaré  é uma cidade cujo um numero significativo de cidadãos vivem da dependência do poder público, que com uma Prefeitura com quase 3.000 servidores ainda continua sendo a maior empresa de Avaré e assim sendo a cidade fica sempre na dependência dela, quando deveria ser diferente. Por essa razão segundo alguns antigos políticos de Avaré Jô Silvestre continua sendo um páreo duro para as próximas eleições.

Veja Também