PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretário aproveita notícia como privilégio da informação

Não há como o Secretário de Comunicação da Prefeitura de Avaré negar que a emissora do deputado de Campos Machado, onde ele também é radialista, seja a extensão de sua pasta, quando informações privilegiadas que deveriam, de acordo com a ética jornalística, primeiramente ser enviadas ao jornal que deu a repercussão sobre o caso, e não ser noticiada a resposta no jornalismo onde trabalha o secretário de Comunicação.

Denota-se que o secretário não deva ter a mínima noção de como funciona uma Secretaria de Comunicação, onde ele faz tudo à sua maneira e depois usa do famoso jargão criado por ele que “a imprensa distorce tudo que ele envia”. 

Ontem o site do Avaré Urgente refutou o comportamento do secretário de Comunicação, que depois de levar a público com privilégio através da rádio, enviou o mesmo texto para a imprensa de Avaré, não observando que, até mesmo antes da imprensa quem deveria ter prioridade dessa informação seria o jornal A Voz do Vale que levantou  e denunciou possíveis irregularidades na licitação de software.

Diante de tudo isso já se observa que o secretário, continua abusando dos critérios utilizados pela imprensa de Avaré, onde não cabe o seu sistema de trabalhar e assim acaba por colaborar para que a sociedade venha a ter o verdadeiro conhecimento de uma resposta de um assunto de grande interesse utilizado como privilegio a emissora do deputado, o que faz garantir que a rádio continua sendo a extensão da Secretaria de Comunicação.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

24 de fevereiro, 2018

Assunto polêmico volta a ser discutido na Câmara dia 5 de Março

24 de fevereiro, 2018

Câmara acaba promovendo discurso de ódio

24 de fevereiro, 2018

A mesma Câmara teve vereador transgênero

24 de fevereiro, 2018

Morelli pode ter praticado quebra de decoro

24 de fevereiro, 2018

Câmara discute quebra de decoro de vereadora

24 de fevereiro, 2018

Ripoli criticou aumento do vale-alimentação e teve que escutar

24 de fevereiro, 2018

Professores participam de oficinas de capacitação

24 de fevereiro, 2018

Professores ouvem palestra sobre relações humanizadoras

24 de fevereiro, 2018

O que fazer com os produtos sem giro?

23 de fevereiro, 2018

Processo: Jô Silvestre pode estar próximo de perder os direitos políticos

23 de fevereiro, 2018

C. César: vereador presta depoimento sobre vídeo com Zaloti

23 de fevereiro, 2018

Carnês de IPTU já estão sendo entregues

23 de fevereiro, 2018

Concurso da Ceagesp tem vagas para Avaré

23 de fevereiro, 2018

Médico é acusado de mandar “nudes” de dentro de hospital

23 de fevereiro, 2018

Reunião confirma união para permanência da ABQM na cidade

23 de fevereiro, 2018

Internautas discutiram atitude de vereador

23 de fevereiro, 2018

Botucatu poderá virar Estância Turística

23 de fevereiro, 2018

Rodovia Coronel Macedo/Itaporanga continua interditada

23 de fevereiro, 2018

TJ-DF mantém condenação de Joaquim Barbosa por insultar jornalista

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

Ir para o topo