PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretário da Saúde vai pagar indenização com 30% de seu salário

Tudo começou quando o médico Roslindo Wilson Machado foi condenado ao pagamento de uma indenização por danos morais por erro médico, no valor de 26.000,00 reais e ainda uma pensão vitalícia equivalente a um salário mínimo, à vítima, além das prestações vencidas, custas processuais e os honorários advocatícios.

Segundo a decisão assinada pelo douto magistrado Edson Lopes Filho, a fase de cumprimento de sentença teve início em 24 de maio de 2010 e, segundo o magistrado, encontra-se marcada com insucesso no que diz respeito ao débito do médico Roslindo Wilson Machado.

Explica o magistrado em sua decisão que conta ainda com embargos de terceiros opostos, contra as penhoras realizadas no processo, estando pendente de trânsito em julgado o respectivo acordão, de forma a postergar ainda mais a já longa fase de cumprimento da sentença.

Diante disso, a Justiça de Avaré deverá penhorar 30% dos vencimentos do médico Roslindo Machado que ocupa a posição de Secretário de Saúde de Avaré, além do pedido de multa que, de acordo com magistrado merece prosperar, considerando que o Secretário de Saúde Roslindo Machado que é o devedor, vem praticando atos atentatórios à dignidade da Justiça, opondo-se maliciosamente à execução e resistindo, injustificadamente, às ordens judiciais, de modo que imponho a ele, a sanção de multa punitiva de 10% do valor  atualizado da execução, que será revertido em proveito do autor.

Por outro lado, entende o magistrado que não existirá comprometimento na subsistência do médico e Secretário de Saúde, sobre a penhora de 30% de seu salário, o que permitirá a amortização da dívida em benefício de ambas as partes, sem ferir a dignidade de Roslindo Machado, o qual deve se livrar da pecha de inadimplente até mesmo pela razão do cargo que exerce.

De acordo com a decisão, fica o prefeito Municipal intimado a nomear um depositário, no ato do cumprimento do mandado que deverá ser pessoalmente intimado sobre a incumbência de depositar mensalmente nos autos, até atingir o valor do débito que é de 550.908,86, sob pena de desobediência.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

22 de fevereiro, 2018

Semads abre inscrições para os projetos esportivos no CSU

22 de fevereiro, 2018

Prefeitura deposita vale alimentação amanhã

22 de fevereiro, 2018

Estati pede tubulação para erosão do Jardim Europa

22 de fevereiro, 2018

Câmara e vereador se precipitaram, diz opinião pública

22 de fevereiro, 2018

Câmara virou um barril de pólvora soltando faíscas

22 de fevereiro, 2018

Câmara precisa reforçar segurança, diz cidadão

22 de fevereiro, 2018

Sindicato dos Servidores envia nota à imprensa

22 de fevereiro, 2018

Licitação da coleta de lixo é adiada para 5 de março

22 de fevereiro, 2018

Universitários do Direito Eduvale são aprovados no Exame da OAB

21 de fevereiro, 2018

Vereador “joga pra galera” tema que nem existia

21 de fevereiro, 2018

Começa amanhã pagamento do PIS para nascidos em março e abril

21 de fevereiro, 2018

Cabo Sérgio pede calçada em alça de acesso da SP-255

21 de fevereiro, 2018

Ainda estão abertas as inscrições para as aulas de atletismo adaptado

21 de fevereiro, 2018

Eleitores de 5 cidades da região precisam fazer cadastro biométrico até março

21 de fevereiro, 2018

5 ficam feridos após carro bater em placa de sinalização

21 de fevereiro, 2018

Pressão popular coloca em discussão autoridade da Mesa da Câmara

21 de fevereiro, 2018

Coletores deram show de liberdade, igualdade e fraternidade

21 de fevereiro, 2018

Matrículas de informática para deficientes visuais

20 de fevereiro, 2018

Identidade de gênero não é de competência da Câmara

Ir para o topo