PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretário de Comunicação coloca Campos Machado em situação delicada

Graças a um trabalho jornalístico da jornalista Cida Koch do jornal In Foco, agora o Secretário de Comunicação do prefeito Jô Silvestre terá que procurar uma nova saída para justificar os seus ataques aos vereadores, ao presidente da Câmara e aos Policiais Militares de Avaré, sobre um evento feito na Câmara, que homenageou os Cabos e Soldados da Polícia Militar, cuja festividade foi custeada pelos organizadores da Polícia Militar.

No sentido de criar uma celeuma quanto ao evento, o Secretário de Comunicação, que ganha para defender o prefeito, criou uma situação que ele jamais pensava que pudesse vir a dar uma reviravolta futura.

A jornalista Cida Koch descobriu na página do deputado Campos Machado algo que poderá desmascarar o Secretário de Comunicação, sobre os ataque e ofensas aos vereadores, ao presidente Toninho da Lorsa e aos homenageados em Avaré.

A jornalista descobriu que na segunda-feira, dia 16 de outubro, o deputado estadual Campos Machado, usou do Plenário da Assembleia Legislativa para homenagear os Cabos e Soldados da Polícia Militar de São Paulo, com o mesmo foco de homenagem que ocorreu em Avaré, mas com um detalhe, em São Paulo quem pagou a conta foi a Assembleia Legislativa. (explica essa, secretário)

Portanto, não precisa ser um cientista político para entender que os ataques contra a Câmara de Avaré,  presidente da Câmara e Policiais Militares, não passam de uma campanha extremamente política, chegando a envolver altas autoridades da Polícia Militar falando de bebida alcoólica no ambiente parlamentar, aproveitando-se da palavra “open bar” que ensejou um debate desnecessário.

Já sobre o evento do Deputado Campos Machado ainda não obtivemos informação se houve “open bar”, mas essa informação deve chegar a nós em breve. A pergunta que não quer calar: é melhor com álcool, mas sem dinheiro público, ou sem álcool, mas com nosso dinheiro?

No entanto, fica aqui registrado que o Secretário de Comunicação de Jô Silvestre acabou deixando Campos Machado, marido da proprietária da rádio em que trabalha, em delicada situação, ou seja, “em palpos de aranha”.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

21 de novembro, 2017

Secretário de Comunicação é condenado por gravar vereador sem autorização

21 de novembro, 2017

Continuação da Cunha Bueno deve virar realidade

21 de novembro, 2017

Prefeito da região é alvo de CEI por causa de rede social

21 de novembro, 2017

Certidões de nascimento, casamento e óbito mudam a partir de hoje

21 de novembro, 2017

MEC prorroga aditamento do Fies

21 de novembro, 2017

Câmara não vota orçamento, enquanto Frea não se explicar, diz vereador

21 de novembro, 2017

TC: todos os resultados contábeis de 2016 da Frea foram negativos

21 de novembro, 2017

Secretário de Administração explica multas

20 de novembro, 2017

Vereador pede presença da diretora do DRS para explicar caso Oncologia

20 de novembro, 2017

Sexta tem doação de sangue em Avaré

20 de novembro, 2017

Obra da duplicação pode ser inaugurada esta semana

20 de novembro, 2017

IFSP de Avaré contrata professor

20 de novembro, 2017

PSC conquista emenda para a cidade

20 de novembro, 2017

Homem é preso acusado de esfaquear enteado

20 de novembro, 2017

Imagens mostram manobras de aeronave que caiu na represa

20 de novembro, 2017

Duplicação da rodovia SP 255 termina este mês

20 de novembro, 2017

Contas da FREA de 2016 não são aprovadas

20 de novembro, 2017

Prefeito de Porangaba é condenado por gastar demais com festas e shows

20 de novembro, 2017

Dia 1º de dezembro tem jantar beneficente na APAE

18 de novembro, 2017

Setor de Oncologia: o certo é resolver o problema

18 de novembro, 2017

Santa Casa envia nota sobre caso Oncologia

18 de novembro, 2017

Prefeitura vai processar motoristas da frota municipal devido a multas

Ir para o topo