PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretário sente-se ofendido ao ser comparado a Ripoli

Procurando uma forma de causar receio para que o Jornal do Ogunhê deixe de trazer notícias que envolvam o secretário de Comunicação que, não custa lembrar, ocupa cargo público, o mesmo, valendo-se de algum conhecimento como bacharel, no dia de ontem, 6 de dezembro, esteve em frente à redação do Jornal do Ogunhê para  entregar um pedido de Direito de Resposta, o que de fato surpreende, pois o Jornal do Ogunhê sempre se pauta pelos acontecimentos e atitudes dos homens públicos para tecer suas análises e publicar fatos e opiniões.

Mas, a surpresa foi ainda maior quando, ao verificar o pedido do secretário, percebemos que o desconforto que motivou sua reclamação foi porque teria se sentido ofendido ao ser comparado ao radialista Rodivaldo Rípoli. A diferença, conforme se verifica, é que hoje Ripoli tem muito mais credibilidade, pois seu jornalismo tem buscado se manter equilibrado, diferentemente do que pratica o secretário de Comunicação que, em seus comentários, só pensa em denegrir a Câmara e atacar os vereadores que não se envergam aos anseios do prefeito, como o presidente Toninho da Lorsa e o vereador Sérgio Fernandes.

Lembramos que ambos têm movido ações contra o secretário justamente pela prática do mau jornalismo, tendo condenação inclusive.  Na foto acima, o secretário se encontra no estúdio da emissora onde Ripoli trabalha.

Cabe esclarecer que a matéria referida, cujo título foi “Secretário falava de Ripoli, mas agora faz igual”, a nenhum momento foge à realidade dos fatos, pois o compromisso do Secretário de Comunicação (é 24 horas por dia) e, desde que assumiu, seus critérios jornalísticos não estão mais fundamentados na verdade que ocorre no município e isso não é novidade para ninguém, pois a cidade inteira e a região sabem que o secretário não tem outra saída, senão defender o governo, é isso é um fato incontestável.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

22 de fevereiro, 2018

Semads abre inscrições para os projetos esportivos no CSU

22 de fevereiro, 2018

Prefeitura deposita vale alimentação amanhã

22 de fevereiro, 2018

Estati pede tubulação para erosão do Jardim Europa

22 de fevereiro, 2018

Câmara e vereador se precipitaram, diz opinião pública

22 de fevereiro, 2018

Câmara virou um barril de pólvora soltando faíscas

22 de fevereiro, 2018

Câmara precisa reforçar segurança, diz cidadão

22 de fevereiro, 2018

Sindicato dos Servidores envia nota à imprensa

22 de fevereiro, 2018

Licitação da coleta de lixo é adiada para 5 de março

22 de fevereiro, 2018

Universitários do Direito Eduvale são aprovados no Exame da OAB

21 de fevereiro, 2018

Vereador “joga pra galera” tema que nem existia

21 de fevereiro, 2018

Começa amanhã pagamento do PIS para nascidos em março e abril

21 de fevereiro, 2018

Cabo Sérgio pede calçada em alça de acesso da SP-255

21 de fevereiro, 2018

Ainda estão abertas as inscrições para as aulas de atletismo adaptado

21 de fevereiro, 2018

Eleitores de 5 cidades da região precisam fazer cadastro biométrico até março

21 de fevereiro, 2018

5 ficam feridos após carro bater em placa de sinalização

21 de fevereiro, 2018

Pressão popular coloca em discussão autoridade da Mesa da Câmara

21 de fevereiro, 2018

Coletores deram show de liberdade, igualdade e fraternidade

21 de fevereiro, 2018

Matrículas de informática para deficientes visuais

20 de fevereiro, 2018

Identidade de gênero não é de competência da Câmara

Ir para o topo