PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretários de Avaré continuam recebendo salário-família

A população avareense tem razão em reclamar daqueles políticos que poderiam fazer alguma coisa pela cidade, mas que não chegam nem mesmo a prestar atenção a situações que, supostamente ferem normas e leis e tudo fica como está, caindo no esquecimento.

Não observam que atos dessa natureza levados à Justiça poderão contribuir para melhorar nossa sociedade, pois, segundo levantamentos e pesquisas realizadas no portal da transparência do município, alguns agentes políticos entre eles o prefeito, a vice-prefeita e alguns secretários municipais estariam recebendo acréscimos indevidos nos subsídios a título de salário-família e ninguém quer comentar o assunto.

A Lei Orgânica Municipal em seu artigo 76 diz: Os subsídios mensais dos secretários, diretores ou coordenadores municipais, equiparados a estes para efeitos desta lei, os cargos de chefe de gabinete e procurador chefe, serão fixados através de lei proposta pela Câmara Municipal, permitida a revisão, observados os limites legais e constitucionais.

Em seu Parágrafo único a Lei Orgânica Municipal afirma que: o membro de Poder, o detentor de mandato eletivo, os Secretários Municipais ou cargo correspondente serão remunerados exclusivamente por subsídio fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie remuneratória, obedecido em qualquer caso, o disposto no art. 37, X, XI e 39, § 4º da Constituição Federal.

Desta forma o que se vislumbra é que os operadores do direito que trabalham na Prefeitura de Avaré teriam que ter o conhecimento dessa lei, porque não podemos nos basear em ser um valor tão irrisório, mas, sim, no que determina a lei.

Portanto, há necessidade de o Ministério Público tomar o devido conhecimento do que ocorre na Prefeitura de Avaré, onde antigamente nada se podia e hoje tudo pode. O que chama a atenção é que a Câmara de Vereadores é sabedora dessa prática e, no entanto, ninguém fala sobre isso e nem mesmo se vestem da coragem de buscar na Justiça informações sobre essa prática.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

25 de setembro, 2017

CPI contra prefeito deve acontecer hoje na Câmara

25 de setembro, 2017

Apae realiza caminhada em comemoração ao mês de inclusão da pessoa com deficiência

25 de setembro, 2017

Feira da Educação será atração na Frea

25 de setembro, 2017

Câmara tem por obrigação investigar o executivo

25 de setembro, 2017

Advogado confunde liberdade de expressão com perseguição

25 de setembro, 2017

Delegado descreve sobre criminalidade em Avaré

25 de setembro, 2017

Antiético, secretário nega fontes em matérias do Semanário

25 de setembro, 2017

Avaré: uma cidade que teima em não crescer

25 de setembro, 2017

Corte de arvores faz avareense sentir mais calor

25 de setembro, 2017

Semanário erra e grafa errado o título da campanha do Refis

23 de setembro, 2017

Jô Silvestre “Crime contra a fé pública eleitoral e falsidade ideológica”

23 de setembro, 2017

Em nota, Prefeitura suspende cobrança de taxa de lixo

23 de setembro, 2017

Taxa de lixo: mais uma vez Prefeitura volta atrás

23 de setembro, 2017

Prefeitura suspende aulas de informática no ensino municipal

23 de setembro, 2017

ACIA convoca associados na luta contra Fest Country em dezembro

23 de setembro, 2017

Rotarianos e voluntários no plantio árvores

22 de setembro, 2017

Secretário usa emissora para defender governo

22 de setembro, 2017

Rádio vira extensão da Secretaria de Comunicação

22 de setembro, 2017

Investigação sobre sublocação de som faz parte da política

22 de setembro, 2017

Continuam pagamentos ilegais na Educação Municipal de Avaré

22 de setembro, 2017

Rejeitada mais uma denúncia sobre pintura de postes

22 de setembro, 2017

Aumento do Vale Alimentação será analisado pela Câmara

Ir para o topo