PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Secretários de Avaré continuam recebendo salário-família

A população avareense tem razão em reclamar daqueles políticos que poderiam fazer alguma coisa pela cidade, mas que não chegam nem mesmo a prestar atenção a situações que, supostamente ferem normas e leis e tudo fica como está, caindo no esquecimento.

Não observam que atos dessa natureza levados à Justiça poderão contribuir para melhorar nossa sociedade, pois, segundo levantamentos e pesquisas realizadas no portal da transparência do município, alguns agentes políticos entre eles o prefeito, a vice-prefeita e alguns secretários municipais estariam recebendo acréscimos indevidos nos subsídios a título de salário-família e ninguém quer comentar o assunto.

A Lei Orgânica Municipal em seu artigo 76 diz: Os subsídios mensais dos secretários, diretores ou coordenadores municipais, equiparados a estes para efeitos desta lei, os cargos de chefe de gabinete e procurador chefe, serão fixados através de lei proposta pela Câmara Municipal, permitida a revisão, observados os limites legais e constitucionais.

Em seu Parágrafo único a Lei Orgânica Municipal afirma que: o membro de Poder, o detentor de mandato eletivo, os Secretários Municipais ou cargo correspondente serão remunerados exclusivamente por subsídio fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie remuneratória, obedecido em qualquer caso, o disposto no art. 37, X, XI e 39, § 4º da Constituição Federal.

Desta forma o que se vislumbra é que os operadores do direito que trabalham na Prefeitura de Avaré teriam que ter o conhecimento dessa lei, porque não podemos nos basear em ser um valor tão irrisório, mas, sim, no que determina a lei.

Portanto, há necessidade de o Ministério Público tomar o devido conhecimento do que ocorre na Prefeitura de Avaré, onde antigamente nada se podia e hoje tudo pode. O que chama a atenção é que a Câmara de Vereadores é sabedora dessa prática e, no entanto, ninguém fala sobre isso e nem mesmo se vestem da coragem de buscar na Justiça informações sobre essa prática.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

24 de julho, 2017

Detentos do CR pintam escola em Avaré

24 de julho, 2017

A partir de hoje, intensificação de vacinas em Avaré

24 de julho, 2017

Equipe Tor faz prisões em dois dias de trabalho

24 de julho, 2017

TOR prende homem procurado por homicídio

22 de julho, 2017

Elementos usam nome da Santa Casa para aplicar golpes

22 de julho, 2017

Confirmaçao de notas fiscais estaria criando receio a comissionados

22 de julho, 2017

Prefeito copia o pai e pode responder por crime de responsabilidade

22 de julho, 2017

Prefeitura tenta desqualificar Lei Orgânica

22 de julho, 2017

Veículo oficial: Prefeitura muda entendimento

22 de julho, 2017

Sindicato dá prazo para Prefeitura apresentar folha salarial

21 de julho, 2017

Campo Machado contempla cidade vizinha, esquece Avaré

21 de julho, 2017

Assessor do prefeito dá carteirada na ABQM

21 de julho, 2017

FSP participa do Quarto de Milha em Avaré

21 de julho, 2017

Servidores do Samu trabalham sem quentinhas

21 de julho, 2017

Secretaria promove encontro de Mães Especiais

21 de julho, 2017

Faculdade Eduvale, Do Vale TV e Eduvale FM estão na 40ª AQBM

20 de julho, 2017

Diego Beraldo é o novo secretário da Cultura

20 de julho, 2017

Presidente do Sindicato diz que Prefeitura não fornece documento

20 de julho, 2017

Escritor doa livros para Biblioteca em Braile

20 de julho, 2017

Univesp divulga programação do vestibular

20 de julho, 2017

Itatinga: justiça determina exclusão de vídeos

20 de julho, 2017

Sem terminar UPA, Avaré pode ter que devolver recursos

Ir para o topo