Gilberto Empreendimentos
Arpoli
São Pastel
Lorsa
Alecrim
Maré
inroda

Secretários são proibidos de falar com a imprensa

Secretários são proibidos de falar com a imprensa Fonte da Foto: Ilustrativa

A lei da mordaça corre solta pelos corredores da Prefeitura de Avaré, blindados pelo secretário de Comunicação, os demais secretários do Prefeito Jô Silvestre estão impedidos de apresentar o que estão realizando de positivo em suas pastas, o que mostra a contramão no trabalho do secretário de Comunicação, que conseguiu uma das maiores proezas na história política de Avaré, brigar e se desentender com a imprensa e com os vereadores.

O radialista Gabriel Guerra, da Rádio Avaré, afirmou ao Jornal do Ogunhê, nesta sexta-feira, que diversos e-mails foram enviados pela emissora à Secretaria de Comunicação com convites para a participação dos Secretários Municipais no jornalismo da Rádio Avaré e que as solicitações são ignoradas pela pasta de Comunicação.

Conta o jornalista, “Eu fui informado que, para qualquer participação, deveria enviar o e-mail para a Secretaria de Comunicação, só obtive uma resposta e negando a participação do Secretário de Turismo. Recentemente, convidei o prefeito para falar sobre os primeiros seis meses de seu governo e a Comunicação da Prefeitura não respondeu e isso prejudica o Jô, que fica sem prestar contas à sociedade”.

Gabriel Guerra fez uma observação interessante sobre a postura do secretário de Comunicação, que fez sérias acusações de falta de ética dos jornalistas da cidade, pelo fato de alguns assuntos não ouvir a justificativa da Prefeitura. Justificou que, quando foi secretário de Comunicação, lembra e muito bem que, quando o apresentador e âncora do programa da Interativa, Zenna Araújo, fazia duras críticas à administração de Rogélio Barcheti, não permitia esclarecimentos por parte da Prefeitura - enfatizou o jornalista.

Veja Também