Servidores não vêem ação do Sindicato sobre atraso de salários

Servidores não vêem ação do Sindicato sobre atraso de salários Fonte da Foto: ilustrativa

Em 11 meses consecutivos, o prefeito da reconstrução Jô Silvestre não cumpre a promessa de pagar salários em dia, ou seja, no quinto dia útil de cada mês, ficando sempre uma dúvida sobre o dia em que vai sair o pagamento.

Estranhamente, como continua reclamando um número significativo de servidores, o Sindicato dos Funcionários Públicos de Avaré apenas teria ameaçado tomar algum posicionamento, mas, até agora, nada teria ocorrido, comentaram alguns servidores.

No governo de Paulo Novaes, o Sindicato, como enfatizaram alguns servidores, pelo fato de não sair o pagamento no quinto dia útil, informava o prefeito que a entidade iria tomar as devidas providências no sentido de processar o prefeito pelos atrasos. Lembra um servidor que, na época, qualquer movimento negativo no Pronto Socorro servidor ia vestido de preto e com a colaboração do Sindicato faziam manifestações e até mesmo greve.

Por outro lado, o Prefeito Jô Silvestre e o secretário de comunicação criaram um factoide dizendo que em janeiro pagou 2 salários (13° e salário de dezembro), mas é de conhecimento público que na história de Avaré o salário de dezembro sempre foi pago  janeiro, então na verdade o atual governo municipal teve 1 folha de pagamento a  mais e não duas conforme anunciaram num passado recente.

É necessário levar em consideração, pois a sociedade precisa saber a realidade; quando no começo do ano, logo que assumiu o prefeito teve a receita do IPVA, o que não justifica pagar o servidor em atraso, havendo uma sequência de atrasos, não pagando o funcionalismo no quinto dia útil.

 

Veja Também