PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

TCE aponta descaso com estoques de órgãos públicos

Fiscalizações-surpresa feitas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em almoxarifados de 234 órgãos públicos mostram negligência em relação aos produtos armazenados. Mais de 90% dos prédios não tinham Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, documento exigido por lei que indica que o edifício é seguro em caso de incêndios. Quase 20% deles também não apresentavam condições apropriadas de estocagem. Foram encontrados alimentos no chão e remédios em instalações inadequadas.

Os técnicos do tribunal visitaram locais com telhado danificado (17,24%), sem extintores de incêndio (25,43%), com fiação elétrica aparente (44,83%), materiais com possibilidade de exposição à chuva (29,74%) e infiltrações (39,22%).

Contrariando a regulamentação, mais da metade dos pontos de armazenagem estava sem dedetização e desratização no prazo recomendado. Também foi constatada a ausência de segurança e de controle apropriado, o que pode ocasionar desvios e desperdício de recursos públicos.

Foram auditados almoxarifados de 29 órgãos estaduais (secretarias, empresas, fundações e autarquias) e 205 municipais (prefeituras, na grande maioria dos casos) de 191 cidades paulistas.   

Essa foi a quarta fiscalização-surpresa realizada pelo TCESP este ano. Já foram feitas checagens em unidades de saúde, frotas oficiais e no Programa de Saúde da Família. Com iniciativas como essas, o tribunal passa a verificar não só a legalidade, mas também a qualidade do gasto público.

“É importantíssimo que os recursos sejam utilizados de maneira legal, mas isso não basta. Queremos saber como esse dinheiro, que vem dos impostos pagos pelos cidadãos, está sendo usado”, disse o presidente do TCESP, Sidney Beraldo.

Outras quatro vistorias em áreas consideradas prioritárias serão executadas até o final do ano.

(da Assessoria)

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

24 de julho, 2017

Detentos do CR pintam escola em Avaré

24 de julho, 2017

A partir de hoje, intensificação de vacinas em Avaré

24 de julho, 2017

Equipe Tor faz prisões em dois dias de trabalho

24 de julho, 2017

TOR prende homem procurado por homicídio

22 de julho, 2017

Elementos usam nome da Santa Casa para aplicar golpes

22 de julho, 2017

Confirmaçao de notas fiscais estaria criando receio a comissionados

22 de julho, 2017

Prefeito copia o pai e pode responder por crime de responsabilidade

22 de julho, 2017

Prefeitura tenta desqualificar Lei Orgânica

22 de julho, 2017

Veículo oficial: Prefeitura muda entendimento

22 de julho, 2017

Sindicato dá prazo para Prefeitura apresentar folha salarial

21 de julho, 2017

Campo Machado contempla cidade vizinha, esquece Avaré

21 de julho, 2017

Assessor do prefeito dá carteirada na ABQM

21 de julho, 2017

FSP participa do Quarto de Milha em Avaré

21 de julho, 2017

Servidores do Samu trabalham sem quentinhas

21 de julho, 2017

Secretaria promove encontro de Mães Especiais

21 de julho, 2017

Faculdade Eduvale, Do Vale TV e Eduvale FM estão na 40ª AQBM

20 de julho, 2017

Diego Beraldo é o novo secretário da Cultura

20 de julho, 2017

Presidente do Sindicato diz que Prefeitura não fornece documento

20 de julho, 2017

Escritor doa livros para Biblioteca em Braile

20 de julho, 2017

Univesp divulga programação do vestibular

20 de julho, 2017

Itatinga: justiça determina exclusão de vídeos

20 de julho, 2017

Sem terminar UPA, Avaré pode ter que devolver recursos

Ir para o topo