TCE encontra esgoto em refeitório de creche de Avaré

TCE encontra esgoto em refeitório de creche de Avaré Fonte da Foto: Secretaria de Educação

Fiscais do Tribunal de Contas do Estado realizaram uma fiscalização surpresa no fim do mês passado e encontraram irregularidades em creches da região. O relatório foi divulgado ontem, dia 16. A matéria é do site G1

Em um vídeo gravado pelos fiscais na creche José Maria Porto, no Bairro Três Marias, em Avaré, é possível ver que embaixo de uma das mesas do refeitório há uma saída de esgoto. Já em outro vídeo, o mesmo problema se repete no local onde as crianças brincam.

No local, estudam crianças de zero a cinco anos. José Paulo Nardone, diretor Reginal do TCE de Bauru, afirma que isso pode prejudicar a saúde das crianças, pois corre o risco de vazamento de esgoto, além do mau cheiro.

“Nossas constatações verificaram que isso põe em risco a saúde das crianças, especialmente no local onde elas se alimentam, que é no refeitório. Voltaremos para avaliar as medidas que foram adotadas e, caso não seja regularizado, a prefeitura poderá ser multada, e também com implicações no relatório de contas no parecer das contar municipais”, afirmou.

Aparecida Jesus de Oliveira tem um filho que estuda na creche. Ela afirma que ficou assustada com o resultado da fiscalização. “Imagina só se alguma criança cai dentro do buraco na creche? Isso é perigoso”, diz.

Outras irregularidades também foram encontradas na creche, como fios expostos no chuveiro onde as crianças tomam banho. Luana Lopes também é mãe de um aluno e conta que ficou preocupada com a situação. “Acho a situação péssima, porque a gente deixa os nossos filhos com segurança na creche”, afirma.

O filho de Silmara da Silva Nunes também é aluno da creche, e ela espera que os problemas sejam resolvidos. “Dá medo, pois nós deixamos eles aqui na segurança, e quando ficamos sabendo disso fica difícil”, diz.

A Prefeitura de Avaré foi notificada para resolver os problemas encontrados o mais rápido possível. Já na creche Isaltina Ribeiro Rosa, em Óleo, os alimentos estão sendo armazenados no chão, e o certificado de dedetização está vencido.

Além disso, a janela da cozinha não tem tela de proteção contra insetos, podendo prejudicar as crianças.

Em nota, a Prefeitura de Avaré informou que uma empresa já foi contratada para fazer reparos nas 40 unidades de ensino da cidade.

Ainda segundo a prefeitura, as obras estão em andamento e, a partir de hoje, dia 17, a mesma empresa irá realizar um levantamento de custos para começar os trabalhos de forma antecipada na creche fiscalizada pelo TCE.

A prefeitura de Óleo não se pronunciou sobre o assunto.

Veja Também