Transporte Escolar: planejamento é falho, afirmam servidoras

Transporte Escolar: planejamento é falho, afirmam servidoras Fonte da Foto: divulgação

Revela uma monitora e temendo retaliação pede para que seu nome não seja citado, porque sabe que poderá perder o emprego pelo ato de perseguição. Diz ela que os motoristas e monitores, que na sua maioria, acordam 3:30h da manhã, e terminam seu trabalho por volta das 19:30h, sofrem com a falta de apoio e constantes ameaças dos superiores, causando em vários deles, diversas doenças como o estresse, a depressão além de outras relacionadas ao sistema nervoso.

“Está na hora dos nossos governantes olharem com mais carinho para o serviço de transporte escolar, respeitando a idade mínima dos veículos utilizados, fazendo ampla divulgação da cartilha com os direitos e deveres dos alunos e responsáveis, fazer um replanejamento das rotas e itinerários, melhorando assim a logística do transporte que está defasada e sobrecarregando os funcionários, além de dar mais apoio aos servidores e tomar providências efetivas quando houver desinteresse dos responsáveis em receber seus filhos no ponto de desembarque”, frisou outra monitora.

Veja Também