Vereador acha normal obra mais cara para o poder público

Vereador acha normal obra mais cara para o poder público Fonte da Foto: ilustrativa

Com a suposta imponência de um grande conhecedor sobre licitação, o vereador Carlos Alberto Estati, que faz parte da base do prefeito Jô Silvestre e que não mede esforços para mostrar a sua fidelidade política, cometeu um equívoco ao tentar justificar, na sessão da Câmara de segunda-feira, dia 11, sobre o preço alto do banheiro feito na CAIC, usando de uma defesa estapafúrdia como se o que falava correspondesse à realidade e que a população tenha que engolir.

O vereador tenta passar para a sociedade que é normal uma empresa cobrar o dobro do preço para fazer um banheiro para a Prefeitura, sendo que para a empresa privada esse banheiro sai bem mais barato, induzindo a população a acreditar que os impostos embutidos para fazer um banheiro para a Prefeitura seriam maiores, o que chegaria ao dobro, como se os pedreiros e empresas avareenses não reconheçam essa conversa para boi dormir.

O fato é que o vereador Estati não conseguiu convencer nem mesmo o mais leigo dos seres humanos de Avaré e isso virou até piada nos meios dos pedreiros e essa colocação do vereador, como se tudo que faz para a Prefeitura na opinião dele tem que ser mais caro ou o dobro, cuja explicação não convence de forma alguma, uma declaração que precisa ser investigada com mais eficácia pelos órgãos competentes da cidade.

Isso é apenas uma das amostras do que a base do prefeito tenta levar à população como é gasto o dinheiro público. O banheiro que está sendo construído na CAIC próximo de um que já existe vai custar 125mil e 800, preço que, na opinião do vereador Estati, tem que custar o dobro. Pelo que dá para perceber é que de uma hora para outra vai ter muita gente tendo que explicar estes gastos, teoricamente abusivos, como se a Prefeitura tivesse uma máquina de produzir dinheiro.

Veja Também