PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Vereador pede presença do Secretário da Saúde para explicar perseguições

Com essa fama de fazer política de enfrentamento, o atual Prefeito de Avaré Jô Silvestre, que começa a perder um número expressivo de seu eleitorado em razão de promessas de emprego não cumpridas e também pelo fato de exonerar pessoas que fizeram parte da campanha como cabos eleitorais, velhos problemas ainda estão na agenda do prefeito e não são poucos.

Jô Silvestre está assistindo a um dos casos que mais se avoluma em Avaré e quem, segundo informações, continua acontecendo principalmente em pastas que são de grande importância para a sua administração e desta vez não é apenas na Secretaria de Comunicação, mas também na pasta da saúde, com denúncias muito claras de perseguições políticas contra servidores públicos que trabalham na saúde.

O caso começa a passar da medida suportável e, desta vez, chega ao conhecimento do Vereador Ernesto Albuquerque que o Secretário de Saúde, Roslindo Wilson Machado, já estaria, supostamente, cometendo perseguições a outras servidoras, as quais resolveram procurar ajuda do vereador.

Diante dessa situação, o vereador Ernesto, na última sessão, convidou o Secretário de Saúde para que compareça ao plenário da Câmara para explicar a sua versão sobre a tão propalada perseguição aos servidores na saúde de Avaré.

Para a sociedade, o prefeito Jô Silvestre precisa tomar providências porque, desde que seu governo começou, dá-se a impressão que os problemas vieram juntos e os mesmos estão crescendo, o que faz com que até mesmo seu eleitorado reconheça como um governo municipal desastroso que, ao invés de resolver problemas, prefere o enfrentamento, como inicialmente fez com a imprensa de Avaré, resultado que já está aparecendo em 10 meses como ponto negativo para o prefeito.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

22 de fevereiro, 2018

Semads abre inscrições para os projetos esportivos no CSU

22 de fevereiro, 2018

Prefeitura deposita vale alimentação amanhã

22 de fevereiro, 2018

Estati pede tubulação para erosão do Jardim Europa

22 de fevereiro, 2018

Câmara e vereador se precipitaram, diz opinião pública

22 de fevereiro, 2018

Câmara virou um barril de pólvora soltando faíscas

22 de fevereiro, 2018

Câmara precisa reforçar segurança, diz cidadão

22 de fevereiro, 2018

Sindicato dos Servidores envia nota à imprensa

22 de fevereiro, 2018

Licitação da coleta de lixo é adiada para 5 de março

22 de fevereiro, 2018

Universitários do Direito Eduvale são aprovados no Exame da OAB

21 de fevereiro, 2018

Vereador “joga pra galera” tema que nem existia

21 de fevereiro, 2018

Começa amanhã pagamento do PIS para nascidos em março e abril

21 de fevereiro, 2018

Cabo Sérgio pede calçada em alça de acesso da SP-255

21 de fevereiro, 2018

Ainda estão abertas as inscrições para as aulas de atletismo adaptado

21 de fevereiro, 2018

Eleitores de 5 cidades da região precisam fazer cadastro biométrico até março

21 de fevereiro, 2018

5 ficam feridos após carro bater em placa de sinalização

21 de fevereiro, 2018

Pressão popular coloca em discussão autoridade da Mesa da Câmara

21 de fevereiro, 2018

Coletores deram show de liberdade, igualdade e fraternidade

21 de fevereiro, 2018

Matrículas de informática para deficientes visuais

20 de fevereiro, 2018

Identidade de gênero não é de competência da Câmara

Ir para o topo