PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Vereadora volta a criticar Disque Saúde

No discurso em plenário da vereadora Marialva Biazon o assunto mais interessante foi sobre o problemático sistema de Disque Saúde da Prefeitura, que de acordo com a vereadora e teria sido implantado para dar errado, e ao suspendê-lo colocar a culpa nos vereadores que pediram a retomada do serviço, que foi suspenso no início do ano. A matéria é do site Rádio Avaré.

Marialva afirmou que o atual governo não tem competência para fazer o serviço funcionar, que a solução seria colocar mais linhas e atendentes para realizarem os atendimentos; e isso prova a incompetência administrativa do atual governo.

“Dizer que vai parar porque não está funcionando ou não deu certo. Isso é assumir o atestado de incompetência administrativa. É dizer estou aqui, não sei por que vim e não sei o que estou fazendo aqui. Essa é a realidade dos fatos” – disse Marialva Biazon.

Falou ainda que não tem nada contra o secretário da pasta, Roslindo Machado, nem intenção em ocupar a Secretaria da Saúde e sim o objetivo de defender a população avareense, que está sofrendo com o descaso da Secretaria da Saúde.

“Estamos com problemas no transporte de pacientes para fazer hemodiálise, problemas com transporte de pacientes para a Unesp. Paciente que me ligou essa semana denunciando que ficou das 11 da manhã até as 3 da tarde após a realização de uma hemodiálise” – disse.

Ainda falou que está brigando para que se tenha um serviço de qualidade na saúde, que não tem nenhum gosto em fazer oposição ao governo, e sim, apontando o dedo onde os problemas existem e que a população de Avaré precisa ser atendida com respeito.

“É normal 8 consultas para cardiologista em uma cidade com aproximadamente 90 mil habitantes? Dá para fazer de conta que nada está acontecendo?”Questionou a vereadora.  Marialva finalizou dizendo que está muito bem na Câmara e que jamais fará parte do Governo de Jô Silvestre. 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

19 de outubro, 2017

Vitimas agredidas com barra de ferro estão em estado grave

19 de outubro, 2017

Câmara de Cerqueira realiza palestra sobre os três poderes

19 de outubro, 2017

Movido pelo ódio, Secretário se perde em discursos

19 de outubro, 2017

População está perdendo a paciência com a administração pública

19 de outubro, 2017

O Jockey Clube de Avaré

18 de outubro, 2017

Secretário de Comunicação coloca Campos Machado em situação delicada

18 de outubro, 2017

Internauta denuncia falta de papel para receita nos postos de saúde

18 de outubro, 2017

Adalgisa solicita “Força Tarefa” para a Vila Esperança

18 de outubro, 2017

Rapaz é preso após agredir mãe, namorada e enteada

18 de outubro, 2017

Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão de crédito

18 de outubro, 2017

Nota Fiscal Paulista libera R$ 687,7 milhões em créditos

18 de outubro, 2017

Homem é agredido por não ter dinheiro e cigarro

18 de outubro, 2017

População acha muito 17 Secretarias em Avaré

18 de outubro, 2017

Foi-se o tempo em que rádio mandava na cidade

18 de outubro, 2017

Secretário de Comunicação, um político que quer falar de imprensa

18 de outubro, 2017

Dr. Gastão Norberto Vitral já deixa saudades

17 de outubro, 2017

Moção de Repúdio é aprovada contra rádio de Campos Machado

17 de outubro, 2017

Câmara deve rejeitar criação de nova Secretaria

17 de outubro, 2017

Moção de repúdio será enviada às Câmaras da região

17 de outubro, 2017

Aprovado projeto que autoriza distribuição de kits de higiene bucal

17 de outubro, 2017

Câmara aprova projeto “Uma vida que nasce, uma árvore que brota”

17 de outubro, 2017

Polícia apreende 80 pedras de crack em casa de Avaré

Ir para o topo