PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Lorsa
Alecrim

PAPO DE ESQUINA

25 de setembro

Suposta irregularidade na contratação de sonorização para a Fampop deverá dar início a uma Comissão Parlamentar de Inquérito contra Jô Silvestre, que vai ser investigado pela Câmara de Avaré.

  Interessante que nem mesmo a CPI tinha sido ainda instalada e o Consultor Jurídico e o Secretário de comunicação já iniciaram a defesa do prefeito, afirmando que ele não tem culpa.

  O prefeito Jô Silvestre é considerado o prefeito de Avaré que mais voltou atrás em situações prometidas à população, mas nem mesmo seu pai que foi prefeito jamais voltou atrás em uma decisão.

    Em oito anos o povo de Avaré sabia de tudo que acontecia na Prefeitura e Avaré, mas agora, em 9 meses de governo o que tem de emissora escondendo fatos, não é brincadeira. A cidade ficou maravilhosa.

  O barulho apenas está começando e com certeza o prefeito Jô Silvestre não vai entrar em acordo com o comércio da cidade sobre a festa do peão. As contradições dentro o próprio governo mostram isso.

  No mesmo dia em que o prefeito afirmou que já tinha marcado a data da festa do peão, a secretaria de comunicação soltava nota afirmando que nada estava resolvido. Sinal de que não se conversam.

  Enquanto falta o básico para que a cidade a preocupação do atual governo é copiar o pai que está preso, fazendo festa, mesmo percebendo que o povo não está mais nessa. Avaré precisa de emprego.

  Vereadores criticaram a decisão do prefeito em fazer a festa do peão em dezembro. Mas só criticar não adianta é necessário algo mais relevante, como exemplo buscar uma resposta no Tribunal de Justiça.

  O partido de Campos Machado, o PTB, aqui em Avaré ainda não desistiu de tirar o vereador Alessandro Rios do partido. Com possível autorização do prefeito o advogado Marcelo Aith defende Léo Ripoli.

  Por falar em Campos Machado, o deputado passou a frequentar Avaré agora e até esteve no palanque no aniversário de Avaré. Afirmam seus inimigos que agora ele quer conseguir votos que eram de Curiati.

 

Ir para o topo