PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Lorsa
Alecrim
Restaurante Avenida
Maré

PAPO DE ESQUINA

10 de novembro

Não havia necessidade de baixar o nível, mas é isso que o prefeito Jô Silvestre vem fazendo quando utiliza as emissoras para atacar vereadores e, desta vez, abusou demais ao dizer que vereadores “são mau caráter”.

  Ao usar esse termo de “mau caráter” contra vereadores, chegou a atingir a todos, inclusive o parlamentar Barreto de Monte Neto foi enfático em dizer que sempre teve carteira assinada, desafiando o prefeito a mostrar a dele.

  Segundo o vereador Ernesto, o prefeito acabou de fechar as portas para qualquer tipo de diálogo com o Legislativo e todo mundo sabe que, sem a Câmara, fica difícil o executivo funcionar em qualquer cidade.

  O prefeito começa a ter um desgaste muito forte ao utilizar de duas emissoras para, teoricamente, defender seu governo que, em quase um ano, nada fez de relevância que pudesse ter reconhecimento popular.

  Ouvindo pessoas em vários pontos da cidade já dá para perceber que o Prefeito Jô está perdendo ponto, ao brigar com a Câmara. Até mesmo leigos afirmam que, sem a Câmara, não há como conseguir governar.

     Pelo andar da carruagem com essa equipe de fiéis (ninguém sabe se são fiéis) escudeiros, com ataques desnecessários que só mostram o lado político e não o lado administrativo de Jô Silvestre, o caminho será espinhoso.

  Ao nivelar por baixo, cada vez mais, a política de Avaré, o prefeito começa a sentir o peso da responsabilidade daquilo que não tem competência para governar, segundo  vereadores.

  A situação está tomando um caminho estranho; enquanto a cidade está se afundando em enchentes, com ruas esburacadas, saúde péssima e queixa popular em todos os setores, o prefeito se preocupa em bater na Câmara.

  O prefeito ainda não percebeu que está administrando entre cobras e escorpiões, pessoas que, em passado recente, queriam vê-lo pelas costas e hoje, supostamente, fingem estar ajudando. É uma pena ver essa situação.

  No começo desta semana, o editor deste jornal entrou em contato com uma funcionária do Turismo que informou que o Secretário vem trabalhando incansavelmente para melhorar o turismo da cidade. Podemos até acreditar.

  Mas, se o secretário de Turismo, G. Barros, está tão empenhado em projetos de turismo para Avaré, por que o Secretaria de Comunicação não transmite isso à imprensa. Ou prefere ter privilégio na informação?

Ir para o topo