20 de junho

Prefeito já definiu os shows da Emapa, festa que vai ser feita com dinheiro público e parece nem se importar para as críticas que recebe dos internautas que continuam clamando por saúde e emprego.
  O sistema de ver a política em Avaré já vem mudando, e há bom tempo, pois vemos uma população que prefere uma cidade melhor, com a saúde caminhando bem, a uma festa grátis paga com dinheiro público.
  Nas conversas na cidade o que dizem é que o filho de Joselyr está copiando na íntegra a maneira mais antiga que Joselyr Silvestre usava para governar Avaré, sendo que boa parte dos precatórios ainda vêm do pai.
  E o aumento da taxa sindical está esquentando na rede social, porque servidores não estão concordando com o valor e alegam que nem conseguiram aumento e o Sindicato já teria aumentado a taxa.
  Pelo que se percebe, o Sindicato precisa rever, e com pressa, essa situação; segundo alguns servidores, a entidade não estaria dando sangue para o aumento de salário, como fazia na época de Paulo Novaes.
  O prefeito Jô Silvestre já começou seu marketing político pavimentando ruas centrais da cidade onde o asfalto ainda está bom e tudo não passa de propaganda, como se tivesse mostrando serviço.
  Toninho da Lorsa, na última segunda, foi enfático em dizer que a mesma magistrada que concedeu liminar contra concurso da Câmara foi quem deu liminar para o circo ficar em Avaré.
  A liminar que derrubou a resolução da Câmara foi mais falada pelos fiéis escudeiros do prefeito do que pelo cidadão que entrou com a liminar. O interesse da imprensa publicar foi mais dos fiéis escudeiros.
  Interessante que até o dia 19 de junho o presidente da Câmara não tinha sido notificado e todo mundo sabia e tudo isso graças ao trabalho dos escudeiros do prefeito que não perderam tempo.