Compra suspeita de medicamentos merece ser investigada por CPI

Compra suspeita de medicamentos merece ser investigada por CPI Fonte da Foto: Divulgação

Diante das absurdas evidências de situações suspeitas envolvendo a compra milionária de medicamentos a preços supostamente acima de mercado, os vereadores de Avaré precisam dar uma resposta à sociedade e o caminho mais correto precisa ser uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

O Voz do Vale citou a possibilidade de uma CPI ser aberta nessa segunda-feira, dia 17, e seria uma decisão acertada dos vereadores diante das palavras do secretário Roslindo Machado na entrevista à Do Vale TV, onde ele confessa ter pago valores acima do mercado pelos medicamentos Midazolan e Fentanil para abastecer o Pronto Socorro, chegando a justificar o sobrepreço com a frase: “Existe mesmo um preço acima do mercado porque todos estão se aproveitando disso”.

Quando foi questionado sobre seu procedimento colocou a responsabilidade no setor de Compras da Prefeitura, além dele não explicar por que não ofereceu esses medicamentos para a Santa Casa, que vive um drama pela falta de sedativos para intubação, justamente em um momento em que suspendeu temporariamente os atendimentos por falta desses insumos, situação que o secretário Roslindo deixou a desejar, uma situação que repercutiu até na Globo.

 

Veja Também