Derrota de Jô Silvestre mostra que vereadores estão com medo das urnas

Derrota de Jô Silvestre mostra que vereadores estão com medo das urnas Fonte da Foto: arquivo

A derrota de Jô Silvestre sobre o projeto que determina que a Prefeitura preste contas ao Legislativo sobre a verba do Coronavírus, segundo antigos políticos que já passaram pela Câmara, não foi surpresa para ninguém, tanto que não teve nem mesmo a repercussão esperada. Uma derrota por unanimidade.

Caso esse episódio tivesse ocorrido no ano passado, afirma esse político das antigas, certamente os vereadores da base do prefeito se arriscariam ainda em defender o prefeito, mas em se tratando de uma reta final com uma eleição pela frente em que, para um candidato a vereador ser eleito, vai ter que obter boa votação, ninguém tentou arriscar.

Desta vez, como dizem alguns políticos atuais e antigos, mesmo com uma ordem supostamente imposta pelo prefeito Jô Silvestre a votação por unanimidade que obriga o prefeito a enviar as contas semanais para a Câmara não teve mais força do que o medo das urnas deste ano. Essa é uma grande oportunidade da população entender que o seu voto tem poder de mudar a história de qualquer cidade.

Veja Também