Ex-coordenadora do Pronto Socorro é condenada por erro médico

Ex-coordenadora do Pronto Socorro é condenada por erro médico Fonte da Foto: ilustrativa

Com sua renúncia ao cargo de coordenadora do Pronto Socorro, o nome da médica Andressa Machado veio a público, e muito tem se questionado as suas motivações para essa decisão, em um momento em que a Saúde de Avaré, que tem o pai dela, Roslindo Machado, como secretário, encontra-se em uma situação das mais críticas, com denúncias, CPI na Câmara e reclamações de pacientes por causa do atendimento no PS. 

No meio de toda essa crise, está sendo ventilado que a médica que coordenava uma área tão sensível como os atendimentos de urgência e emergência de Avaré já havia sido condenada por ação motivada por Erro Médico.

E realmente, conforme o processo 1002164-92.2019.8.26.0344 - Vara do Juizado Especial Cível da Comarca de Marília, Andressa Machado foi condenada a pagar a um paciente a quantia de R$15.000,00 (quinze mil reais), a título de danos morais, motivada por Ação de Indenização por Dano Moral - Erro Médico.

O caso ocorreu em 2018 e refere-se a uma vítima de acidente automobilístico. Na decisão, o juiz aponta que, ao se dirigir ao Pronto Socorro de Avaré, o paciente apresentava todos os sintomas para relatar que corria risco de morte e, ainda assim, recebeu alta com colite isquêmica com perfuração intestinal e peritonite aguda.

Na decisão, o juiz aponta que não foram solicitados exames complementares ou qualquer outra providência para saber exatamente do que se tratava. Opina que o atendimento prestado foi negligente, colocando em risco a vida do paciente.

Para o magistrado, ficou demonstrado o dever de indenizar bem como a responsabilidade pelos danos que a vítima sofreu, pela imperícia e negligência, onde sequer foi verificado com mais cuidado o estado de saúde da vítima após uma colisão de veículos do qual teve que ser socorrido das ferragens, bem como sequer a encaminharam para algum hospital com mais recursos e profissionais capazes ao atendimento que o mesmo necessitava.

 

 

Veja Também