Falta de médicos ainda é problema no Pronto Socorro

Falta de médicos ainda é problema no Pronto Socorro Fonte da Foto: Ilustrativa

De acordo com informações, ontem aconteceu na parte da manhã, uma audiência pública da Saúde, no prédio da Câmara de Vereadores, onde foi discutida a situação da saúde de Avaré, envolvendo a empresa Infomed Gestão de Saúde e Serviços Médicos Eirelli, responsável pelo fornecimento de médicos para o Pronto Socorro de Avaré. Resumo da ópera: a Prefeitura de Avaré mesmo sabendo da situação, mantinha os pagamentos para a empresa, enquanto era do conhecimento de muitos que não havia médicos disponíveis para dar conta do serviço.

A informação que recebemos é que ontem, dia 28 de maio, o Secretário de Saúde não havia comparecido à audiência Pública porque estava em reunião com o prefeito Jô Silvestre para estudar um posicionamento no sentido de resolver a questão da falta de médicos ou supostamente romper o contrato com a empresa Infomed Gestão de Saúde e Serviços Médicos que  estava recebendo da Prefeitura de Avaré uma quantia que chegava a quase 2 milhões de reais, sem prestar o serviço contratado.

Por outro lado, segundo fontes de dentro do Pronto Socorro, esse sofrimento já vem de longe, por isso a razão de muitas críticas ao atendimento, não há médicos. O caso somente veio a público depois de a coordenadora da Pronto Socorro se demitir. O que não se sabe é  se a Secretaria de Saúde colocou outra pessoa no cargo.

Veja Também