Família realiza amanhã mais um pedágio a Vanessa dos Santos

Família realiza amanhã mais um pedágio a Vanessa dos Santos Fonte da Foto: Facebook

No último final de semana, familiares e amigos realizaram um pedágio em prol da jovem Vanessa Cristina dos Santos. Ela foi diagnosticada com um câncer cerebral grave, passou por cirurgias e necessita de dinheiro para o tratamento, cuja medição é de alto custo (cada caixa do remédio custa R$ 6.000,00).

Aos 32 anos, completados no dia 11 de novembro, está tentando tratamento no hospital Sírio Libanês em São Paulo. Mãe de duas meninas – uma de 7 anos e outra de 5 – Vanessa descobriu um tumor há cinco anos e desde então vem passando por tratamentos, quimioterapias, radioterapias e cirurgias (foram quatro até agora). Depois de dois anos e meio, em pleno tratamento com acompanhamento médico, o tumor tinha sumido. Contudo, lamentavelmente logo depois de outras duas cirurgias, os médicos detectaram outros tumores cerebrais, cuja remoção era impossível. Segundo a família, os médicos não deram esperanças e sim, apenas alguns dias de vida.

Desenganada, a família teve a informação na Unesp de que deveria tentar tratamento no hospital Sírio Libanês. Entretanto a família não tem condições de arcar com todos os custos; por isso decidiram fazer uma vaquinha online.

NOVO PEDÁGIO – Amanhã, dia 21, no semáforo do cruzamento das ruas Rio Grande do Sul e Santa Catarina, novamente familiares e amigos estarão reunidos realizando um pedágio em prol da Vanessa, das 9h às 17h.

VAQUINHA - A Vaquinha online continua arrecadando donativos e quem quiser colaborar pode depositar qualquer quantia nas seguintes contas: BANCO DO BRASIL - Agência 6804-7 - Conta corrente 9884-1 em nome de Gerson Nazareth de lima CPF 410933198-60; BRADESCO - Agência 0157 - Conta corrente 00153036 em nome de Gerson Nazareth de lima CPF 410933198-60; CAIXA - Agência 0286 - Poupança 00044413-6 em nome de Vanessa Cristina dos Santos CPF 363344188-31. Ou acesse o link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/todos-pela-vanessa-gerson-nazareth-de-lima.

A matéria é do site O Victoriano.

Veja Também