Joselyr critica administração do filho Jô Silvestre na rede social

Joselyr critica administração do filho Jô Silvestre na rede social Fonte da Foto: divulgação

Em uma postagem feita em sua página nas redes sociais do último dia 26 de junho, quinta-feira, o ex-prefeito Joselyr Benedito Silvestre, pai do prefeito Jô Silvestre, pela primeira vez, teria resolvido colocar em pratos limpos algo que diz respeito à paralisação da obra do Arenão, trazendo a público críticas contra seu filho prefeito Jô Silvestre. Na narrativa, o ex-prefeito diz que a obra já deveria ter sido terminada no começo de 2020, crítica severa que deverá levantará uma polêmica curiosa na cidade, pelo fato de o ex-prefeito resolver criticá-lo, sobrando até para o secretário de obras da Prefeitura.

No texto postado, o ex-prefeito deixa muito claro o seu descontentamento com a paralisação do Arenão depois de contar que teria sido ele a iniciar a obra em 2008. Foi a primeira vez que o ex-prefeito Joselyr Silvestre publicou um caso que envolve seu filho, prefeito da cidade, o que deixa uma conotação que Joselyr pai, em tese, não estaria contente com o trabalho administrativo que vem sendo desempenhado por Jô Silvestre.

O ex-prefeito narra todo o ocorrido com o Arenão e mostra na postagem nas redes sociais o seu inconformismo com a paralisação da obra nos dias de hoje. Lamentou que uma obra tão importante não poderia estar paralisada há mais de 30 dias.  Não ocupando nenhum cargo na Prefeitura, o ex-prefeito Joselyr afirma ainda que, mesmo não sendo de sua alçada, curiosamente, teria cobrado o secretário de Obras, Alexandre Nigro, por diversas vezes, prerrogativa que é do prefeito Jô Silvestre, seu filho. 

O ex- prefeito Joselyr Benedito Silvestre deixou claro na postagem que também tem cobrado providências do seu filho Jô Silvestre, mas a obra está paralisada, lamentou. Na postagem, o ex-prefeito deixa registrado que existem 9 milhões de reais mofando e que nem dá para acreditar.  Relata ainda no post que a paralisação é de mais de 30 dias, sem ter um operário sequer trabalhando. Ainda explica que o contrato com a empresa construtora foi assinado no começo de 2019; segundo o ex-prefeito a obra deveria estar pronta no começo desse ano de 2020.

Veja Também