Pais alertam para tentativa de tatuagem de menores sem autorização

Pais alertam para tentativa de tatuagem de menores sem autorização Fonte da Foto: ilustrativa

Em um momento de pandemia e de quarentena, muitos jovens estão parados em suas casas, entediados e buscando entretenimento digital, por isso muitas vezes são influenciados por “modinhas” e acabam tomando decisões muitas vezes desnecessárias, movidos pela pouca idade. Nessa semana, recebemos o alerta de alguns pais de que seus filhos menores de idade têm procurado profissionais para fazer tatuagem, o que, sem autorização dos pais ou responsáveis, é crime de lesão corporal.

Um desses pais se mostrou preocupado porque uma de suas filhas apareceu em casa com o braço ostentando um desenho, feito a tinta, uma sugestão de tatuagem feita por um tatuador da cidade. Ele achou um absurdo, já que ela, em tese, foi induzida por amigos a fazer algo do qual ela poderia se arrepender, no futuro, já que a menor tem 15 anos de idade. Segundo o pai, o tatuador não poderia sequer tocado na garota, por menor de idade, o correto seria o profissional ter ligado para os pais e pedido por escrito uma autorização. Esse pai faz esse importante alerta, inclusive para os tatuadores.

Tatuagem em menor de idade sem o consentimento dos pais é considerada lesão corporal de natureza grave, porque resulta em deformidade permanente (art. 129, §1º, III, do CP), conforme entendimento fixado pela 9ª Câmara de Direito Criminal do TJSP.

Veja Também