Prefeito Jô Silvestre vê oposição como inimiga e não como adversária

Prefeito Jô Silvestre vê oposição como inimiga e não como adversária Fonte da Foto: Divulgação

É natural verificarmos inúmeras proposituras de requerimentos, aos quais o prefeito é incapaz de responder, bem como projetos de leis que são aprovados na Câmara e vetados pelo Poder Executivo Municipal.

Avaré vem vivendo capítulos muito tristes de sua história, projetos legislativos e proposituras camarárias detentoras de interesse coletivo são barrados, unicamente por razões políticas, pelo fato dos vereadores serem oponentes do Prefeito Municipal.

Como bem sabemos, a Câmara poderá ingressar com mandado de segurança para ter suas proposições legislativas respondidas como determina a própria lei orgânica do município de Avaré; o Tribunal de Justiça já decidiu essa questão em meados de 2013 e 2014, obrigando o Poder Executivo a responder, mas não de sobremodo motivado ou justificado, sobremaneira lacônica. Quanto aos vetos no Poder Legislativo existem vereadores que inicialmente aprovam o projeto, mas rejeitam os vetos. Nessa legislatura que é uma das piores, ainda projetando vida curta em Avaré, deveriam aprender os vereadores “os homens passam” “as instituições ficam ou, como disse o poeta e escritor Mário Quintana: “Eles passarão” (...).

Veja Também