Prefeito não permite abertura das lotéricas

Prefeito não permite abertura das lotéricas Fonte da Foto: ilustrativa

Mesmo depois da Justiça Federal reconhecer como setor essencial em todo o território nacional, em Avaré as casas lotéricas continuam proibidas pelo prefeito Jô Silvestre, o que deixa uma conotação de que em todas as cidades as casas lotéricas são essenciais, menos na cidade de Avaré.

Segundo causídicos o prefeito Jô Silvestre estaria cometendo um gesto que poderá em um futuro próximo trazer problema à sua administração, já que não quer reconhecer as normas e leis e também suas hierarquias. Em várias cidades da região como Botucatu as casas lotéricas já voltaram a funcionar, depois da determinação da Justiça Federal.

No programa de jornalismo da Paulista FM, segunda edição de ontem o prefeito Jô Silvestre foi perguntado sobre o caso das lotéricas e como sempre ele usou como cartada definitiva que o Supremo Tribunal de Justiça não reconhece as casas lotéricas como serviço essencial, razão dele não autorizar a abertura desse serviço em Avaré.

As casas lotéricas de Avaré continuam fechadas sem qualquer esforço por parte do prefeito Jô Silvestre, sem observar que muita gente está sendo prejudicada, um ato em tese, impensado e que deverá pesar em seu futuro político, fator que seus próprios companheiros já passaram a interpretar como um suposto abuso de autoridade, já que a Justiça Federal entendeu que se trata de um serviço essencial.

Veja Também