Presidente da AMVAPA diz que não se abdica do consórcio da noite para o dia

Presidente da AMVAPA diz que não se abdica do consórcio da noite para o dia Fonte da Foto: assessoria

Betinho na mesma entrevista de ontem, no Papo Reto, deixou bem claro que uma cidade se desligar da AMVAPA com o interesse de ter o seu próprio sistema de saúde móvel, mais conhecido por SAMU, não é fácil ou do dia para a noite.

Disse que existe um volume grande de documentos que precisam ser adicionados e enviados ao Ministério da Saúde, onde terá ainda que justificar o pedido de saída e que o caso do SAMU de Avaré não vai parar amanhã, pois muitos documentos terão que ser respondidos.

Entretanto, durante a entrevista deu para se notar que a discussão que envolve a Prefeitura de Avaré com justificativas infundadas do secretário de Saúde sobre o SAMU de Avaré, pode ir ainda mais longe e que, na visão do presidente da AMVAPA, o que precisa mesmo é um bom diálogo entre o prefeito, o secretário Roslindo, junto à AMVAPA e os demais prefeitos. Pelo jeito tanto Jô Silvestre como o Secretário Roslindo deixam claro que vão sair do Sistema SAMU.

Veja Também