Problemas nos banheiros do Camping geram reclamações

Problemas nos banheiros do Camping geram reclamações Fonte da Foto: divulgação

Já está mais do que provado que o Turismo nunca foi prioridade no Governo Jô Silvestre, sendo a pasta sempre relegada ao segundo plano e serviu de apêndice para gerar recursos e convênios em favor do Arenão, um “elefante branco” que só “sugou” vultosas verbas e que não vai ficar pronto e que, nos dias de hoje, não tem mais função em vista da proibição dos grandes eventos por causa da pandemia.

O Turismo, sob a gestão Silvestre, também gerou piadas, como o caso do secretário que respondia por Avaré mas que preferiu o Carnaval de São Manuel, um fato pitoresco que gerou muitos comentários, na época. Isso sem falar na perda da ABQM, do Jóquei Clube, de dois hotéis na represa, situações irremediáveis que colocaram nossa cidade em forte retrocesso no setor.

A esse cenário agora se junta a triste história de uma família que relatou na internet que ao visitar o Camping encontrou os banheiros interditados, e teve que recorrer ao restaurante do local que só permitia o uso para seus frequentadores, ou seja, somente para quem estivesse consumindo no restaurante.

Sobre o caso que aconteceu com essa família o Jornal do Ogunhê entrou em contato com o administrador do Camping que explicou o ocorrido:   disse ele que quando o fato ocorreu, o restaurante já estava funcionando mas o Camping não estava aberto ao público, sendo essa a razão dos banheiros estarem interditados. Afirmou o administrador que agora está tudo funcionando e que a mulher chegou a retirar a reclamação da rede social, por supostas pressões, contou o administrador do Camping.

 

 

Veja Também