Procuradores de Avaré estariam afastados por suspeita de Coronavírus

Procuradores de Avaré estariam afastados por suspeita de Coronavírus Fonte da Foto: arquivo

De acordo com informações, funcionários da Procuradoria Geral do Município de Avaré teriam sidos afastados de suas funções, por suspeita dos sintomas do Coronavírus. Como narra o site A Bigorna, essa grave denúncia sobre o caso teria sido feita por um parente de um procurador.

De acordo com a denúncia, na sexta-feira, dia 24 de julho, cerca de 5 funcionários (as) e um procurador (a) foram até o centro de atendimento para realizarem o exame de Covid-19, relata o site e de acordo com o denunciante, seu filho contou que, ao voltarem, todos apresentaram atestados, ao setor competente da prefeitura de Avaré e não se manifestaram aos demais colegas, ficando afastados.

Ontem dia 29 de julho, quarta-feira, duas funcionárias retornaram, entretanto, 3 continuam afastadas, mas o receio do familiar é que exista algum funcionário contaminado. “Diante desse governo perseguidor, só tive que recorrer ao Jornal A Bigorna, pois eles temem retaliações, se revelarem algo. É de extrema importância que se houver alguém contaminado ou mesmo com suspeita, que seus colegas sejam avisados, é questão de saúde pública e de vidas em jogo”, argumentou o familiar.

Foi enviada uma solicitação sobre o assunto ao setor competente de Comunicação, mas até o momento não obteve resposta- confirmou o site A Bigorna. Por telefone, conversou com um procurador (a). Ele (a) confirmou a veracidade da denúncia e que existe uma funcionária contaminada e que saiu em férias para se tratar; outras 3 estão com suspeita e se encontram afastadas, inclusive, segundo o site, até a procuradora-chefe Ana Curiati também estaria afastada".

Veja Também