Vacina da Pfizer é a 1ª contra a Covid a obter registro definitivo no Brasil

Vacina da Pfizer é a 1ª contra a Covid a obter registro definitivo no Brasil Fonte da Foto: ilustrativa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu, hoje, dia 23, o registro definitivo à vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19. A vacina é a primeira contra a doença a obter o registro sanitário definitivo no país, mas ela ainda não está disponível em solo brasileiro. (Veja íntegra da nota da Anvisa ao final da reportagem).

O registro definitivo foi concedido 17 dias após o pedido da Pfizer.

Com autorização, a vacina poderá ser aplicada em todas as pessoas com 16 anos ou mais, e não apenas nos grupos prioritários, como ocorre com o registro emergencial.

O registro autoriza a importação da vacina para o Brasil, mas o país não tem doses disponíveis ou acordo de compra.

O registro sanitário definitivo permite a comercialização da vacina pelos setores privados.

O Congresso avalia incluir trecho em MP que permita a compra e que o Brasil assuma os riscos legais previstos em contrato.

As vacinas CoronaVac e Oxford (Covishield) receberam outro tipo de aprovação: a de uso emergencial.

 

Veja Também