Zandoná cometeu um grande erro e vai cometer o segundo

Zandoná cometeu um grande erro e vai cometer o segundo Fonte da Foto: arquivo

Tudo indica que o presidente da Câmara de Avaré, Flávio Zandoná, não tenha, teoricamente, qualquer conhecimento sobre normas políticas e partidárias, o que deverá trazer sérios problemas já que, com certeza, vai em breve cometer o seu segundo erro.

Qualquer leigo sabe que a cadeira de vereador pertence ao partido e já vimos em outras cidades e até mesmo nos grandes centros, vereadores que não compactuavam com as diretrizes do partido acabaram perdendo a sua cadeira na Câmara, por não seguir o pensamento do grupo, como vem ocorrendo em Avaré.

A suposta jogada feita pela então presidente do partido Isabel Cardoso já não dá mais validade para essa jogada, pois ela não é mais presidente do partido, sendo que o grupo em recente reunião com o novo presidente, pede que o vereador Flávio Zandoná entenda agora o seu posicionamento, pois as normas do partido são contrárias ao que vem ocorrendo.

O atual grupo do Cidadania, agora com presidente afinado com as normas do partido, discorda das atitudes do atual presidente que é do Cidadania e defende tudo que vem do prefeito Jô Silvestre, o que é perceptível, mesmo depois de falar que iria ser um presidente independente, não mostrou até agora.

Como membro do Partido Cidadania e presidente da Câmara de Avaré, Flávio Zandoná, está prestes a cometer o segundo erro, o de não obedecer as prerrogativas e normas do partido, o que poderá ocorrer é do presidente Zandoná perder a cadeira e podendo ter uma nova eleição para a presidência da Câmara de Avaré; o que precisa apenas é o Cidadania acelerar os procedimentos necessários, como abertura de ata e registrar em sessões o comportamento do presidente atual.

Veja Também