Zandoná se perde e critica a própria nota que enviou para imprensa

Zandoná se perde e critica a própria nota que enviou para imprensa Fonte da Foto: arquivo

O presidente da Câmara Flávio Zandoná, que era oposição e após troca de cargos, deu um salto olímpico para fazer parte da base do prefeito, fez uma crítica ao Jornal do Ogunhê por ter publicado matéria que mostrou que o vereador copiou a lei das pulseiras de outra cidade.

Na própria nota, supostamente escrita por uma assessora, Zandoná afirma que viu o projeto aprovado em outras cidades e achou interessante apresentar em Avaré, o que gerou um frisson na imprensa nacional.

Ao criticar o Jornal do Ogunhê o presidente tenta sair do alvo das críticas generalizadas por ter apresentado um projeto discriminatório que obrigava as pessoas com covid a colocar pulseiras e, sob vaias, teria recuado. A lei das pulseiras foi revogada na sessão do dia 24 de maio pelo voto dos treze vereadores, confirmando que Zandoná estava errado.  Chegou a chamar o jornalista deste jornal de mentiroso, esquecendo que a prova maior de tudo que o jornal escreveu, estava contida na nota que o próprio presidente Flávio Zandoná mandou à imprensa, onde ele admite ter tirado o caso das pulseiras copiando de uma cidade.

Veja Também